Coluna de: Dra Pollyana Costa Prado –Cirurgiã Dentista - CRO 88706 - Odontologia

A endodontia é a parte da odontologia que trata da prevenção e cura das enfermidades da polpa dental e de suas complicações, ou seja, endodontia significa a ação dentro do dente. A endodontia consagrou-se como uma das especialidades de maior utilização na clínica diária da odontologia. Sua execução plena é muito importante para o sucesso de tratamento nos consultórios.
Conseqüências
As conseqüências do não tratamento podem variar bastante. Podem ocorrer desde infecções de baixa intensidade e longa duração evoluindo para lesões na região do ápice da raiz , até infecções de alta intensidade, dor aguda , com evolução rápida para abscessos (acúmulo de pus).
Dor
O tratamento de canal , ao contrário da crença popular, é indolor. Quando a morte da polpa já ocorreu, ela obviamente não dói. Quando a polpa está inflamada, porém viva, a anestesia local garante com eficácia um tratamento sem dor. A dor só ocorre justamente quando não é realizado nenhum tratamento, pois a inflamação provoca um edema (inchaço) que comprime as terminações nervosas.
Custo
O custo do tratamento endodôntico , também ao contrário do imaginário popular, é relativamente baixo, pois a perda do dente e conseqüente substituição por prótese teria um custo muito superior.
Tratamento
É a remoção do tecido mole que se encontra na parte interna do dente (câmara e canal) e que recebe o nome de polpa. Esta pode estar sadia ou infectada e, ao ser removida, é substituída por um material obturador.
O índice de sucesso do tratamento de canal é muito grande. Porém fatores ligados a saúde geral do paciente podem afetar negativamente o resultado previsto do tratamento e para o sucesso total do tratamento de canal deverá ser feita a correta restauração do dente e sua volta à função mastigatória.
Indicação para o tratamento endodôntico
Dor espontânea, isto é, o dente começa a doer sem estímulo, de forma latejante, não muito bem localizada e que aumenta com o calor . Neste caso a polpa ainda está viva, porém inflamada, o uso de analgésico não resolve. Já quando há morte da polpa, geralmente a dor é bem localizada, havendo a sensação de dente crescido e dor ao mastigar.
Além disso ao se abaixar a cabeça ou deitar , tem-se a sensação de que o dente pesa. Mas nem sempre quando o dente dói é necessário um tratamento endodôntico, existem outras causas que só o cirurgião dentista poderá diferenciar e diagnosticar.
Hoje em dia muitos consultórios possuem especialistas que realizam o tratamento endodôntico em apenas 1 sessão.
Pós Tratamento
Todo suporte deste dente permanece vivo : osso, membrana periodontal (fibras que fixam o dente ao osso) e cemento (camada que recobre as raízes) o inconveniente é que, como é a polpa que confere a sensibilidade ao dente, se o mesmo for atacado por cárie, isso não será percebido devido a ausência de sensação dolorosa.
Outro possível problema é que o dente torna-se mais frágil e isso deve ser levado em conta no momento da execução da restauração definitiva que neste caso, deve ter característica diferente. Em certos casos o mais indicado é que o dente com o canal tratado receba uma coroa para evitar problemas como  fratura do dente.
Conseqüências do não tratamento de canal
Poderá se desenvolver uma lesão na região apical (infecção na raiz e nos tecidos vizinhos) que poderá ter conseqüências mais sérias, como dor intensa, inchaço, febre e bacteremia (bactéria na corrente sanguínea).A única solução a partir daí poderá ser a extração do dente.
Imunidade
Mesmo com o tratamento de canal um dente pode ter cárie. A diferença é que neste caso não haverá dor. Porém como em qualquer outro dente, se houver suspeita de cárie, procure seu dentista.
 
megaron edecora

TV Bixiga News

TV BIXIGA NEWS

Entrevistas, comerciais, notícias e acontecimentos do bairro...

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR

Fotos Históricas

Última Edição