Coluna de: Dra Pollyana Costa Prado –Cirurgiã Dentista - CRO 88706 - Odontologia

Com o final do ano se aproximando todos querem dar uma renovada no visual.
Sabe-se que uma boa aparência física determina o bem-estar e a auto-estima pessoal, proporcionando ao individuo uma melhor aceitação social e profissional. No mundo ocidental atual, uma das maneiras de se auto-manifestar e de enfatizar e valorizar sua apresentação pessoal é por meio do piercing.
Esta máxima vale muito quando se trata do seu sorriso, pois ele é seu cartão postal, abrindo muitas portas nos campos social, pessoal e profissional. Para valorizar seu sorriso, o piercing dental não oferece perigos à saúde, além de possuir fácil colocação e remoção.
Trata-se da aplicação de um enfeite ou jóia na superfície dental, por meio de um adesivo especial, sem a necessidade de desgaste ou raspagem do dente. É um procedimento realizado pelo cirurgião-dentista com algumas poucas etapas, como:
1.Limpeza prévia do dente que receberá a jóia. É realizada uma profilaxia com produtos próprios para remoção da placa bacteriana e manchas externas dos dentes. Se o paciente optar por clarear o dente (remover manchas internas), isto deve ser feito nesta etapa, antes da aplicação da jóia dental.
2.Aplicação de um tipo de ácido fraco para criar micro-porosidades na superfície do dente, por um tempo controlado. Procedimento indolor e sem desgaste da estrutura dental.
3.Aplicação de adesivo especial para o dente. O produto é aplicado em estado líquido na área escolhida para colocação da jóia dental e é polimerizado com a ajuda de luz halógena para fixação da peça escolhida.
O piercing pode ser uma bijuteria, o tipo mais utilizado, fabricado em resina translúcida multifacetada para grande brilho, e em diversas cores. Além disso, pode ser uma semi-jóia, em cristal ou até um diamante ou outra pedra preciosa que gostar e puder comprar.
Os cuidados com seu uso dependem de uma correta higienização com escova e creme dental, além de complementos com fio-dental e bochechos com anticépticos. Como são colados em ambiente constantemente úmido, como a boca, estão sujeitos ao desprendimento se houver uma alimentação muito dura ou abrasiva, como rapadura, cana-de-açúcar, pé-de-moleque, maçã do amor, etc.
Normalmente são várias as dúvidas sobre piercing nos dentes, as principais que tenho ouvido são:
- Colocar piercing nos dentes dói?
Não dói. É um processo rápido e indolor. Não necessita anestesia.
- Tem que furar o dente para colocar um piercing?
Não tem que furar, o piercing é colado com uma resina especial, e não prejudica o dente.
- Posso escovar o dente com piercing? Não cai?
Pode e deve escovar o dente com piercing, é um local onde pode eventualmente alojar bactérias e microorganismos.
- Quanto tempo dura um piercing nos dentes?
Dependendo da qualidade do piercing e do material utilizado para fixar pode durar anos.
- Quanto custa colocar um piercing no dente?
O preço varia conforme o piercing, pode ser feito em cristal , ouro e pedras preciosas ou materiais plásticos, o que determina o preço.
- Só o dentista pode colocar piercing nos dentes?
Recomenda-se que estes procedimentos sejam feitos por um dentista, embora muito simples podem causar lesões e quebras de dentes se forem mal aplicados.
megaron edecora

TV Bixiga News

TV BIXIGA NEWS

Entrevistas, comerciais, notícias e acontecimentos do bairro...

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR

Fotos Históricas

Última Edição