Coluna de: Dra Pollyana Costa Prado –Cirurgiã Dentista - CRO 88706 - Odontologia

É isso mesmo que vocês leram…hoje vamos falar de um tema que, apesar de um pouco controverso, tem sido motivo de muitos estudos na nossa área e tem despertado o interesse de vários pacientes: o BOTOX para utilização na odontologia.
O Botox, na verdade, é o nome comercial para a Toxina Botulínica: substância produzida por uma bactéria (Clostridium botulinum) que tem a capacidade de paralisar ou diminuir a força muscular e que já é um velho conhecido das pessoas que querem evitar os sinais da idade, como rugas e flacidez né?! Mas e o que tudo isso tem a ver com o consultório odontológico????
O que muitas pessoas ainda não sabem é que o BOTOX, além de ajudar em questões estéticas vem sendo estudado e aplicado pelos dentistas para melhorar alguns problemas de saúde bucal, principalmente os relacionados aos músculos da mastigação.
Indivíduos que apresentam Bruxismo (ranger os dentes) ou apertamento dental têm relatado melhoras significativas nos quadros de dor e desgaste dentários. Além disso, uma das aplicações mais comumente utilizadas para o Botox na odontologia é a correção do chamado Sorriso gengival.
Para um sorriso ser considerado esteticamente agradável 3 fatores precisam estar em harmonia e proporção: os dentes, a gengiva e os lábios. Quando ocorre uma desproporção na quantidade de gengiva exposta durante o sorriso (consideramos normal o aparecimento de até 3mm) acontece o que chamamos de Sorriso Gengival. Para muitos pacientes essa condição traz um desconforto estético muito grande podendo até prejudicar a sua autoestima.
Antes de indicar o melhor tratamento é preciso identificar a causa dessa exposição excessiva da gengiva que pode ser: por um encurtamento do lábio superior, coroas dos dentes curtas, excesso de osso maxilar, excesso de gengiva ou por hiperatividade dos músculos elevadores do lábio superior.
Os tratamentos podem variar entre uma cirurgia para correção do excesso de gengiva (gengivoplastia), cirurgia ortognática (para correção da desproporção de osso maxilar) ou a utilização do Botox (principalmente nos casos de hiperatividade muscular) entre outros.
 Recorrer ao uso do Botox pode servir também para amenizar os efeitos desagradáveis da exposição exacerbada de gengiva ao sorrir para as pessoas que não querem se submeter a procedimentos cirúrgicos ou ainda para aquelas que apresentam um sorriso levemente assimétrico.
Agora… não vá pensando que vai sair do consultório do dentista 20 anos mais jovem com todas as rugas preenchidas! A aplicação do BOTOX por um cirurgião-dentista só é permitida para casos que envolvam problemas funcionais e fins terapêuticos de saúde bucal ok!??
Além disso, os efeitos são transitórios e para uma correção definitiva da sua condição é preciso identificar a causa do sorriso gengival e fazer um tratamento adequado. 
A cantora Wanessa Camargo também é uma das adeptas dessa utilização terapêutica para disfarçar o excesso de gengiva que aparecia no seu sorriso. 
A atriz Bárbara Paz) divando com seu sorriso com melhor proporção de dentes, lábios e gengiva. 
Ainda resta alguma dúvida? Procure o seu dentista e saiba como tornar o seu sorriso ainda mais bonito!!
megaron edecora

TV Bixiga News

TV BIXIGA NEWS

Entrevistas, comerciais, notícias e acontecimentos do bairro...

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR

Fotos Históricas

Última Edição