Coluna de: Dra Pollyana Costa Prado –Cirurgiã Dentista - CRO 88706 - Odontologia

Que atire a primeira pedra que nunca se sentiu incomodado por alguma característica do seu rosto ou corpo. Mas, há algumas pessoas, cujo incômodo atrapalha o lado social da vida. Essas pessoas, por causa de algo que não gostam passam a restringir suas saídas sociais e o resultado é que há um isolamento e consequente depressão. O melhor é que a medicina e odontologia evoluiram muito e há várias intervenções que podem ser feitas atualmente. Já ouviu falar em bichectomia? Esse tipo de cirurgia é para retirar o excesso da chamada bola de bichat, estrutura gordurosa presente na face, principalmente na área das bochechas.
A bichectomia é uma cirurgia relativamente simples, que pode ser feita com cirurgia local ou até mesmo sem sedação. Pode durar até 40 minutos. O maior efeito da bichectomia é tirar o efeito fofão e você ficar com uma estrutura do rosto muito parecida com a de Angelina Jolie, por exemplo. O rosto fica bem mais definido e as maçãs mais evidentes, fazendo com que a pessoa tenha um perfil fino e magro. Apesar de ser muito famosa nos Estados Unidos, com a procura principalmente das principais celebridades de Hollywood, o procedimento só agora está em alta no Brasil.
Se você se interessou pela bichectomia, saiba que é um procedimento muito simples. O corte não ultrapassa 1 cm e é feito na parte interna da boca. Os pontos dados no corte são absorvidos e não há qualquer tipo de cicatriz. O que ocorre durante a cirurgia é que a bola de gordura que dá o formato indesejado é retirado e o rosto fica mais afinado.
COMO É A PREPARAÇÃO PARA A BICHECTOMIA?
Toda cirurgia exige uma série de exames para que você não corra quaisquer riscos. Com a bichectomia não é diferente. Você precisará fazer exames pré-operatórios e de risco também. O ideal é que pelo menos um mês antes da cirurgia você pare de fumar, se tem esse hábito. E o cirurgião que fará a intervenção deve ser o mais conceituado possível. Isso porque, ao fazer a bichectomia, o médico ou dentist faz intervenções em uma das áreas mais delicadas do rosto. São vários nervos e canais salivares e qualquer acidente durante a cirurgia pode rendar até mesmo uma paralisação facial.
PÓS-CIRURGIA: COMO É?
É preciso estar ciente que a área onde é feita a bichectomia é sensível, e isso pode significar algumas dores, além de o local ficar inchado e um pouco roxo. De uma maneira geral, os médicos indicam compressas algumas vezes por dia para a diminuição do inchaço. O corte também vai exigir uma alimentação mais líquida por pelo menos 10 dias, então prepare-se para tomar sopas, sucos, vitaminas, iogurtes, chás, enfim, todos os alimentos que são deglutidos de maneira mais fácil.
Você também precisará ficar de molho do trabalho e das principais atividades sociais – escola, festas, eventos – por alguns dias. Há pessoas cuja recuperação e cicatrização são super rápidas e em pouco tempo, no máximo cinco dias, a vida já está completamente normalizada nesses quesitos. Há outras que demoram mais e podem ter de suspender suas atividades até por sete dias.
Para quem ama academia, corridas e caminhadas, além de outros tipos de exercícios físicos, é bom saber que será preciso, também, dar um tempo nessa rotina. A recomendação médica é de pelo menos uma semana sem qualquer tipo de atividade física.
Concluindo…
Como você viu, se essa parte do seu rosto te incomoda muito, você pode fazer uma intervenção para que o seu perfil fique exatamente como sempre sonhou. O ideal é que você faça o procedimento consciente de que esse é um efeito que pode durar o resto da vida. Então, mais uma vez salientamos que é preciso conversar com o seu médico ou dentista e até mesmo procurar pessoas que já fizeram as intervenções para ver como se sentiram depois. Se depois de tudo isso, você se mantiver firme na decisão de mudar, faça todos os preparativos para que retirar de vez algo que tanto a incomoda. 
Boa sorte!!!
 
FESP

TV Bixiga News

TV BIXIGA NEWS

Entrevistas, comerciais, notícias e acontecimentos do bairro...

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR

Fotos Históricas

Última Edição