Coluna de: Claudeny Matos Silva - COREN SP 420.986 - Cuidadores de Pessoas

Caros leitores,
Venho vos trazer uma reflexão sobre uma temática importante: o processo do envelhecimento e o profissional cuidador. É notório que o envelhecimento populacional vem aumentando de forma progressiva, e decorrente ás mudanças no cenário familiar, tem se recorrido á contratação de profissionais para cuidar de idosos. Muitos são os fatores que tem contribuído para o aumento da longevidade, são destacados: diminuição da taxa de natalidade e mortalidade, aspectos de ordem social, cultural e econômica, avanços na medicina, campanhas preventivas e implementação de politicas públicas visando melhor qualidade de vida para idoso (FATORRI et al. 2013; LOTTMANN; LOWESTEIN; KATZ, 2013).
Para tanto, cada individuo vivência o processo de envelhecimento de forma singular. É possível notar que, se por um lado algumas pessoas envelhecem com saúde física e mental preservada, por outro, muitos indivíduos caminham para velhice dentro de um quadro de fragilidade. Portanto é essencial que o idoso seja assistido por um profissional especializado. No entanto, com a mudança do cenário familiar, a falta de regulamentação da profissão, a falta de preparo especifica, entre outros fatores, é comum que a busca por um cuidador ocorra de maneira inadequada. 
Minha prática profissional tem me proporcionado conviver mais aproximadamente com essa nova e significativa questão, que se coloca no cotidiano. A procura é cada vez maior pela contratação do profissional cuidador de idosos, recorre-se á um profissional contratado e remunerado para exercer o cuidado da pessoa idosa que pode ser da área da saúde, alguém com curso especifico ou não.
Dessa forma é importante ressaltar, a necessidade de uma formação profissional adequada, implicando a estruturação de cursos de formação quer abarquem conteúdos curriculares pertinentes ás habilidades e competências esperadas desse profissional.
Segundo Gaioli, Furegato e Santos (2012) analisaram que, com avanço das doenças no idoso, as demandas por cuidados se tornam mais complexas e constantes, havendo á indicação de um profissional capacitado. Apesar disso, a presença de um profissional capacitado para essa atividade não é uma realidade frequente. 
Ainda sobre á formação profissional foi realizado um estudo em Natal-RN em 2014 apontou que, a maioria dos cuidadores possui somente curso de cuidador de idosos. Entretanto, na contramão do que poderia ser inferido, acredita-se que esses cursos não subsidiariam, necessariamente, uma formação profissional adequada, obteve-se um percentual 46,5% de cuidadores cujo curso tiveram uma duração de 01 semana. O alto percentual de cuidadores com curso de 01 semana de duração denota uma fragilidade na formação de cuidador, que é a ausência de uma matriz curricular especifica e atrelado á isso, de uma carga horaria relevante para as disciplinas. 
Queridos leitores, por fim acredito que devemos refletir mediante esse cenário que se faz tão presente, nos nossos tempos atuais, quando se fizer necessária contratação profissional cuidador.
 Existem diversas ofertas desses serviços no mercado, mas devemos ter cuidado, para não cairmos em ‘’armadilhas’’. O barato pode sair caro, já diz dito popular!
Nunca sabemos quando iremos necessitar ou, nosso ente querido, o fato é que um dia todos nós seremos idosos. Mediante á tantas realidades vivenciadas no cotidiano gostaria de deixar uma dica: quando tiver necessidade de contratar um profissional para cuidar de seu ente querido, opte por uma empresa de referencia, com profissionais que tenham no mínimo curso técnico em enfermagem, que estejam habilitados á lidar em situação de emergência, leve conforto, segurança, amor e humanização. Uma empresa que se responsabilize de forma legal, gerencial e supervisione esse profissional, garanta que seu ente querido NUNCA ficará desassistido. Diferente das realidades, quando se opta por contratar um profissional particular ou empregador doméstico.
Espero que tenham gostado desejo sinceramente que possam refletir: pois o idoso de amanhã, será todos nós, e com certeza desejaremos melhor tratamento. 
Claudeny Matos Silva
Enfermeira, Especialista em Saúde Pública, pela Universidade Federal de São Paulo.
Especialização em Formação de Docentes para Ensino Nível Médio e Superior, pela Universidade Nove de Julho.
Diretora técnica Cuidare Bela Vista –SP.
Coren SP: 420.986 
claudenym@hotmail.com
 
megaron edecora

TV Bixiga News

TV BIXIGA NEWS

Entrevistas, comerciais, notícias e acontecimentos do bairro...

CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR

Fotos Históricas

Última Edição